UM SEGREDO DESCOBERTO

Bem pessoal, SEGREDO DOS ANJOS é o motivo pelo qual você vai estar sempre ligado nesta página. Pelo simples fato de realmente existir, um segredo no qual, poucos em nossos dias tem CONHECIMENTO. Também é o lugar onde você vai encontrar histórias reais e lindos poemas e poesias. O mais interessante que neste blog vou publicar o meu mais recente trabalho como escritor, e trazer sua atenção para estar sempre lendo os meus conteúdos e poosts; e desde já vou te deixar ligado que estarei publicando o meu primeiro romance AQUI.

WALACE! O SEGREDO DE UMA PAIXÃO

BEM! QUERO DEIXAR CLARO QUE A PARTIR DE AMANHÃ VOU PLUBLICAR AQUI O MEU PRIMEIRO ROMANCE ADOLECENTE E VOCÊ É MEU CONVIDADO PRA ESTAR, CURTINDO ESTA EMOCIONANTE E DESLUMBRANTE HISTÓRIA. ONDE CONTA A TRAGETÓRIA DE UMA PAIXÃO ALUCINANTE E DE MUITOS MISTÉRIOS; E PRA ISSO CONTO COM VOCÊ PRA PARTICIPAR E AJUDAR O JOVEM WALACE DESCOBRIR ESTE AMOR QUE LHE CAUSOU UMA MUDANÇA RADICAL NA VIDA. Vou dormir um pouco e daqui a pouco eu volto pra continuar-mos, depois das 10:00 da manhã OK!

WALLACE: DESCOBRINDO O AMOR ( parte 1)

UMA INFÃNCIA DE CARINHO

Era manhã de um belo dia de segunda-feira, do ano de 1975, exatamente às 5:20 da manhã ; nascia um belo menino, de aparência e saúde exuberante. Sua mãe em meio a dores e choro de alegria, contemplava sua criação, enquanto médicos e enfermeiros, limpavam e cortavam o cordão umbilical. O parto foi um sucesso e, logo mãe e filho estavam prontos para retornar para casa; juntamente com o pai que aguardava com grande expectativa a chegada do primeiro filho. 

Bem! Antonio era mestre de obras, caminhava pelos corredores do hospital, junto com sua esposa, e procurava meios para segurar a criança , enquanto beijava a esposa com ar de felicidade. Ela por sua vez, entre beijos com o marido, sussurrava baixinho: cuidado amor! você ta apertando o bebê. Ele simples, porém, desajeitado, apalpava a criança , querendo segura-la; e novamente sua esposa o repreendia; Antônio! ele é muito frágil! e logo Antônio desistiu.

Passou os braços por cima dos ombros da esposa, de forma que não apertasse ela e o bebê, enquano caminhavam em direção a saida do hospital.

Ali naquela manhã, pela primeira vez, estava sendo apresentado, para aquela cidade que futuramente, se tornaria a grande metrópole, de um delirante futebol, e um apaixonante carnaval, palco de muitos conflitos e referência mundial em turismo e lazer; chamada de: RIO DE JANEIRO A CIDADE MARAVILHOSA. ( o pequeno WALLACE)

 O sol ja despontava humidamente, e aquele rostinho pode sentir pela primeira , a suavidade dos primeiros raios solares, iluminando suas bochechas que mais pareciam duas maçãs em plena estação de colheita, vermelhas e cheia de vida. Os olhinhos ainda não abriam, mas pareciam se satisfazer, com toda aquela dislumbrante descoberta.

 Sua mãe o protegeu do sol úmido da manhã, enquanto seu pai abria a porta do carro, com um sorriso estampado no rosto, de tanta vontade de chegar a sua casa, e acariciar seu filho recém nascido e sua bela esposa. Tudo estava perfeito, pois Antônio tinha o melhor emprego, a esposa mais linda e dedicada, e agora; tinha o pequeno filho que logo seria o orgulho da familia e com o nome que o faria conhecido em toda a sua vida. WALLACE!!! 

Antônio era mestre de obras, e responsável por grande parte dos funcionários da empresa que trabalhava; e dias anteriores havia pedido, licença na empresa, para cuidar de sua esposa, que se sentia mal devido, a primeira gestação.

Agora com seu bebê recém nascido, e a esposa mais tranquila, logo teria que voltar as atividades rotineiras de trabalho, e manter sua vida em ordem e de responsabilidades múltiplas

Os dias em casa com a linda esposa, e seu lindo bebê, fizeram com que se apaixonasse ainda mais, pela sua familia. Havia paz e harmonia, naquele lar, simples porém confortante, de um bairro de classe média, onde tudo fluia para o crescimento; e com construções futuristicas, deixava a cidade cada dia mais bela e atraente.

Logo Antônio voltaria ao trabalho, pois para que aquela beleza se complementasse cada ano; suas hábeis mãos eram mais uma  que compunha, toda aquela orquestra de profissionais dedicados, preparados para dar vida e respiração a cada monumento construido, assim fazendo com que logo recebesse, o título de CIDADE MARAVILHOSA!!!... 

Em casa isabel amamentava e cuidava com carinho do pequeno WALLACE, e os dias daquela familia, de um casamento, que apesar de ser recente, era  porém de muita estrutura e paciência; vinha se tornando cada dia mais fascinante.

Todos os dias ao sair para o trabalho, logo cedo; lá estava Isabel se abraçando com o marido, e aos beijos, sussurrava em seu ouvido: cuidado amor! Estamos apertando o bebê; e Antônio se afastava, beijando e apertando as bochechas do pequeno Wallace, que parecia gostar dos carinhos do pai, e com os olhos arregalados e caramelizados, chorava enquanto sua mãe o acalmava lhe dando o peito como consolo.

Isabel desejava um bom dia de trabalho ao marido, enquanto ele ascenava com as mãos e o coração pedindo pra voltar

Assim o tempo passava e o casal podia acompanhar o desenvolvimento do bebê. Isabel com disciplina e dedicação, organizava todos alfazeres domésticos e, ainda sobrava tempo pro marido e pro filho.

Por sua vez Antônio fazia com que todos os seus companheiros de trabalho, e patrões, se agradassem mais e mais de seu desempenho. Passando a ser visto como um grande amigo, e não somente como encarregado, mas principalmente como parte da familia, daquela empresa de sucesso.

Tudo corria ao seu inteiro dispor, enquanto crescia profissionalmente; Wallace crescia sob os cuidados atentos da mãe.

 

WALLACE: DESCOBRINDO O AMOR (parte 2)